tiradentes
Entretenimento

Curiosidades: quem foi Tiradentes?

COMPARTILHE AGORA!

No dia 21 de abril, é feriado no nosso país, pois é dia de Tiradentes. E apesar de aprendermos sobre ele nas aulas de História durante a escola e de ser um conteúdo que frequentemente cai em vestibulares e provas de concurso, nem todos sabem a história dele. Por que o dia de Tiradentes é feriado afinal?

Joaquim José da Silva Xavier era um dentista amador, pois não era formado, então o apelidaram de Tiradentes. Ele foi um dos líderes da Inconfidência Mineira e era considerado herói por muitos brasileiros. Em 21 de abril de 1792, ele foi enforcado em praça pública no Rio de Janeiro, depois teve seu corpo esquartejado e pregado em postes de algumas ruas em Minas Gerais.

Tiradentes fazia parte de um movimento de conspiração contra a Coroa Portuguesa. Apesar disso, ele foi o único do movimento que foi condenado à forca e assassinado. Após a Proclamação da República, a data de sua morte virou feriado nacional, e sua imagem foi exaltada tanto pela ditadura militar como também por grupos da esquerda que o consideravam um símbolo de coragem. É dele a frase “se todos quisermos, podemos fazer deste país uma grande nação. Vamos fazê-la”.

A Inconfidência Mineira

Também conhecida como Conjuração Mineira, ela foi uma revolta que aconteceu em 1789 e era baseada nos ideais do Iluminismo e influenciada pela Revolução Americana, que deu a independência aos Estados Unidos. O movimento buscava principalmente e emancipação de Minas Gerais em relação a Portugal.

Naquela época, a mineração tornou Minas Gerais a cidade mais rica do Brasil. Porém, a elite e alta sociedade eram contra as tributações abusivas impostas por Portugal, afinal, servia apenas para enriquecer a Coroa Portuguesa junto com o ouro enviado. Visconde de Barbacena assume o governo com a ordem de fazer cobranças obrigatórias de tributos, mesmo quando o ouro decaía, e foi esse o estopim para uma revolta, que nem chegou a acontecer pois autoridades receberam denúncias sobre ela.

As penas de todos os inconfidentes foram amenizadas, menos a de Tiradentes, que não fazia parte da elite.

E quem eram os inconfidentes?

O grupo dos inconfidentes era composto por cerca de 30 membros da elite social e cultural mineira. Além de Tiradentes, nele também estavam os poetas Tomás Antônio Gonzaga e Cláudio Manuel da Costa.

Os ideais dos inconfidentes eram os mesmos dos iluministas, como liberdade e igualdade, que eram os ideais também da Revolução Francesa de 1789.

José Silvério dos Reis, um dos membros, foi quem delatou a conspiração do grupo, pois acreditou que teria suas dívidas perdoadas pela Coroa Portuguesa. Com isso, todos os membros foram presos, e alguns não assumiram a culpa, tendo penas como exílio.

Tiradentes foi o único que assumiu a culpa, e por isso teve a pior pena decretada: ficou preso por três anos, depois foi enforcado e esquartejado na frente do povo, para que ninguém mais tivesse a coragem de se rebelar contra a Coroa.

O feriado em sua homenagem foi promulgado durante a primeira fase da ditadura militar, em dezembro de 1965.

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado.